NOTÍCIAS


Voltar

CEBRASPE – Perfil da Banca e Estilo das Provas

Quem está se preparando para algum concurso público deve saber que não é necessário apenas dominar as disciplinas cobradas pela banca organizadora, mas também entender como cada uma prefere abordar os assuntos na prova.

Se seu próximo certame é realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), instituição que antes era conhecida como Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB), confira aqui dicas para alcançar sua aprovação.

O Cebraspe é bastante conhecido por quem estuda para concurso público. Alguns certames realizados recentemente foram: Tribunal de Contas da União, Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Pernambuco, Instituto Rio Branco, Procuradoria Geral do Estado do Amazonas, entre outros.

Os seus próximos processos seletivos com prazo de inscrição ainda em aberto são: Defensoria Pública do Estado do Acre, Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas, Defensoria Pública do Estado do Acre, Polícia Militar do Estado de Alagoas e Procuradoria Geral do Estado de Sergipe.

As provas

Muitos candidatos temem fazer prova com essa banca, pois ela possui uma forma diferente para pontuar. Se for no formato de julgamento entre certo e errado, normalmente, a cada quesito errado o candidato perde uma questão que marcou corretamente.

 Nesse sentido, cada questão apresenta-se com uma assertiva, a qual o candidato deve julgar se está correta ou não. Por esse motivo, muitos se intimidam. Em geral, são cerca de 120 proposições, sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 sobre conhecimentos específicos.

Nesse tipo de prova, se você não souber o assunto abordado, a orientação de vários professores é que você deixe em branco. Mas atenção: evite deixar mais que 10 em branco. Além disso, caso tenha alguma familiaridade com a matéria apresentada e esteja em dúvida, não deixe de responder. Diversos aprovados recomendam que vale a pena arriscar.

O Cebraspe também faz provas de múltipla escolha. Nesse formato, é necessário que o candidato leia entre 4 ou 5 questões e escolha a única correta.

Outra característica do Cebraspe é que para ser considerado um candidato bem preparado não é necessário decorar a matéria, mas sim ter conhecimento sobre o assunto e saber interpretar a situação apresentada no enunciado.

 

 

outras notícias
Depoimentos
  • Sarah de Mattos Oliveira, Arquiteta, 24 anos, aluna do Curso Logos há 1 ano e 2 meses. Metódica e organizada, é assim que Sarah se julga. Qualidades que contribuíram para passar no concurso de Auditor Fiscal do Trabalho. Atribui seu sucesso às 10 horas de estudo fora o tempo que estava no curso. Freqüentadora assídua dos sites que fornecem provas de concursos anteriores, Sarah acredita que conhecer a Banca é importante e que traz segurança na hora da prova. ¨O mais interessante é que, mesmo sendo formada em Arquitetura, me identifiquei com todas as disciplinas deste concurso e isso me ajudou, pois gostava de estudar. Sempre tive esperança que ia passar”.

  • João Paulo Santos Leonel, 27 anos, 1º Lugar de Minas no TRE-MG. Formado em Filosofia, trabalhava como GARÇOM de quinta a domingo em um bar e aos domingos servia almoço em um restaurante. Começou tendo que conciliar o trabalho com os estudos. Um tempo depois, quando percebeu que havia formado uma boa base, pediu demissão e ficou só estudando. Com isso, conseguiu passar no concurso do TRE/MG. Sempre estudou no Logos, onde seu irmão, Geraldo Edson Leonel Jr, também foi aluno e passou em 1º lugar no concurso do STM, que só tinha uma vaga. O maior incentivo para quem acha que passar em concurso não é possível e que não existem regras, nem “ditados”, afinal, João Paulo não cursou Direito, nem Economia, ou qualquer outro curso que o preparasse melhor para concursos! Além do mais, formar em Filosofia e trabalhar à noite pesariam, com certeza, na cabeça de qualquer pessoa que não tivesse a CORAGEM que ele teve de ACREDITAR que É POSSÍVEL SIM, PASSAR EM UM CONCURSO.

  • Ana Clara Zimmermmann Fonseca, 21 anos, 7º lugar na Polícia Rodoviária Federal. Estava cursando Administração na UFJF. Iniciou seus estudos no Logos e passou no 1º concurso que fez. Encontrou apoio na família, tanto emocional como financeiro, o que ela acredita ter sido de extrema importância para sua vitória. Nunca deixou de fazer exercícios físicos, pois sempre achou que ficava mais animada, feliz e sem stress. Jamais desanimou, às vezes chegou a pensar na dificuldade que é passar em um concurso tão concorrido, com matérias que ela inclusive nunca havia visto, como: Direito, Informática, Legislação de Trânsito..., mas com CALMA, DEDICAÇÃO, MUITA VONTADE  e a ajuda de DEUS conseguiu ser aprovada. Sentiu  uma “SENSAÇÃO MARAVILHOSA”, de Dever Cumprido.