NOTÍCIAS


Voltar

Saiu edital com 309 vagas para o concurso Depen

A espera acabou! O edital do concurso Depen 2020 saiu. O documento foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 5 de maio. O Departamento Penitenciário Nacional oferta 309 vagas. Desse total, 294 são para o cargo de agente de execução penal. 
 
Para se candidatar a agente é preciso ter o nível médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B ou superior. A remuneração inicial para o cargo é de R$6.030,23. 
 
As demais 15 oportunidades são para carreira de especialista federal em assistência à execução penal, cujo requisito é o nível superior. 
 
As chances, nesse caso, estão distribuídas pelas áreas de Enfermagem, Médico Clínico, Médico Psiquiatra, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional
 
Os salários para especialista federal são de R$5.865,70. Os valores oferecidos são compostos por vencimento básico; Assistência Gratificação de Desempenho de Atividade Especializada do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (GDAPEN); auxílio-alimentação de R$458. 
 
Em resumo, as vagas do concurso Depen estão dispostas conforme tabela abaixo:
  • Agente de execução penal - 294
  • Especialista federal - Enfermagem 9
  • Especialista federal - Médico Clínico 1
  • Especialista federal - Médico Psiquiatra 1
  • Especialista federal - Odontologia 1
  • Especialista federal - Psicologia 1
  • Especialista federal - Serviço Social 1
  • Especialista federal - Terapia Ocupacional 1
Há reserva para pessoas com deficiência e negros. O concurso é válido em âmbito nacional. O candidato pode ser lotado em uma das cinco unidades penais federais distribuídas pelo país, localizadas em Mossoró RN; Porto Velho RO; Brasília DF; Campo Grande MS; e Catanduvas PR. 
 
A lotação também poderá ser feita na sede do Departamento Penitenciário Nacional, em Brasília DF. Dessa forma, não é possível se inscrever para concorrer e ser lotado especificamente em uma unidade da federação. 
 
A contratação dos aprovados será feita pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia aos servidores. 
 
Inscrições do concurso Depen
 
As inscrições do concurso serão abertas no próximo dia 15 de maio. Os cadastros poderão ser feitos até 5 de junho, pelo site do Cebraspe, banca organizadora.
 
O primeiro passo será preencher a ficha com todos os dados solicitados. Em seguida, gerar o boleto e pagar a taxa de R$120 para agente e R$130 para especialista. O pagamento será aceito até 30 de junho.
 
Apenas doadores de medula óssea e membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico, poderão solicitar a isenção da taxa. Para isso, será necessário completar requerimento específico, de 15 de maio a 5 de junho, pelo portal da banca. 
 
Além de encaminhar a documentação comprobatória das condições. O resultado dos pedidos de isenção está previsto para ser divulgado no dia 16 de junho. 
 
Etapas do concurso Depen
 
O concurso Depen 2020 será composto por diversas etapas, sendo elas: prova objetiva; prova discursiva; exame de aptidão física; avaliação médica; avaliação psicológica; investigação social.  
 
Todas essas fases serão realizadas nas 26 capitais brasileiras e nos municípios de Catanduvas PR e Mossoró RN. As avaliações objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, estão marcadas para o dia 6 de setembro. Os concorrentes deverão responder a 120 questões no estilo Certo ou Errado. 
 
Para agentes (nível médio), serão cobrados 30 itens de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Raciocínio Lógico, Informática).
 
Assim como 50 de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Humanos e Participação Social, Legislação Especial) e 40 de Conhecimentos Complementares (Execução Penal e Departamento Penitenciário Nacional). 
 
Já para especialistas (nível superior), os exames trarão 40 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direitos Humanos e Participação Social), 50 de Conhecimentos Específicos (variáveis em cada especialidade) e 30 de Conhecimentos Complementares (Execução Penal e Departamento Penitenciário Nacional). 
 
A prova discursiva, por sua vez, será um texto dissertativo de até 30 linhas sobre Atualidades.
 
Concurso Depen terá até 2.440 aprovados
 
O quantitativo de aprovados no cadastro de reserva do concurso Depen foi uma surpresa para muitos. Tendo por base o número de redações corrigidas, é possível saber quantos ficarão na lista de aprovados, com chances de convocação ao longo da validade do concurso.
 
No total, serão até 2.440 aprovados, sendo 2.940 agentes e 1.500 especialistas. Confira a seguir o quantitativo por cargo e tipo de concorrência.
 
Agente federal de execução penal
Total de aprovados: 2.940
Ampla concorrência: 2.205
Negros: 588
Deficientes: 147
 
Especialista - Enfermagem
Total de aprovados: 900
Ampla concorrência: 675
Negros: 180
Deficientes: 45
 
Especialista - Médico Clínico
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Especialista - Médico Psiquiatra
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Especialista - Odontologia
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Especialista - Psicologia
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Especialista - Serviço Social
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Especialista - Terapia Ocupacional
Total de aprovados: 100
Ampla concorrência: 75
Negros: 20
Deficientes: 5
 
Resumo do concurso Depen 2020
 
Órgão: Departamento Penitenciário Nacional
Vagas: 309
Cargos: agente federal de execução penal e especialista federal em assistência à execução penal
Requisitos: níveis médio e superior
Remuneração: de R$5.865,70 a R$6.030,23 
Banca: Cebraspe
Inscrições: 15 de maio a 5 de junho
Prova objetiva: 6 de setembro 
 
Confira o edital completo aqui: https://bit.ly/Edital-Depen
 
Estude com os melhores professores, com cursos 100% voltados para o edital. Faça o teste por 7 dias.
Conheça os cursos disponíveis: www.logosconcursos.com.br

outras notícias
Depoimentos
  • Sarah de Mattos Oliveira, Arquiteta, 24 anos, aluna do Curso Logos há 1 ano e 2 meses. Metódica e organizada, é assim que Sarah se julga. Qualidades que contribuíram para passar no concurso de Auditor Fiscal do Trabalho. Atribui seu sucesso às 10 horas de estudo fora o tempo que estava no curso. Freqüentadora assídua dos sites que fornecem provas de concursos anteriores, Sarah acredita que conhecer a Banca é importante e que traz segurança na hora da prova. ¨O mais interessante é que, mesmo sendo formada em Arquitetura, me identifiquei com todas as disciplinas deste concurso e isso me ajudou, pois gostava de estudar. Sempre tive esperança que ia passar”.

  • João Paulo Santos Leonel, 27 anos, 1º Lugar de Minas no TRE-MG. Formado em Filosofia, trabalhava como GARÇOM de quinta a domingo em um bar e aos domingos servia almoço em um restaurante. Começou tendo que conciliar o trabalho com os estudos. Um tempo depois, quando percebeu que havia formado uma boa base, pediu demissão e ficou só estudando. Com isso, conseguiu passar no concurso do TRE/MG. Sempre estudou no Logos, onde seu irmão, Geraldo Edson Leonel Jr, também foi aluno e passou em 1º lugar no concurso do STM, que só tinha uma vaga. O maior incentivo para quem acha que passar em concurso não é possível e que não existem regras, nem “ditados”, afinal, João Paulo não cursou Direito, nem Economia, ou qualquer outro curso que o preparasse melhor para concursos! Além do mais, formar em Filosofia e trabalhar à noite pesariam, com certeza, na cabeça de qualquer pessoa que não tivesse a CORAGEM que ele teve de ACREDITAR que É POSSÍVEL SIM, PASSAR EM UM CONCURSO.

  • Ana Clara Zimmermmann Fonseca, 21 anos, 7º lugar na Polícia Rodoviária Federal. Estava cursando Administração na UFJF. Iniciou seus estudos no Logos e passou no 1º concurso que fez. Encontrou apoio na família, tanto emocional como financeiro, o que ela acredita ter sido de extrema importância para sua vitória. Nunca deixou de fazer exercícios físicos, pois sempre achou que ficava mais animada, feliz e sem stress. Jamais desanimou, às vezes chegou a pensar na dificuldade que é passar em um concurso tão concorrido, com matérias que ela inclusive nunca havia visto, como: Direito, Informática, Legislação de Trânsito..., mas com CALMA, DEDICAÇÃO, MUITA VONTADE  e a ajuda de DEUS conseguiu ser aprovada. Sentiu  uma “SENSAÇÃO MARAVILHOSA”, de Dever Cumprido.

Whatsapp